0
comentários

sábado, 27 de março de 2010

Hora do planeta

Pessoas,vamos pensar um pouquinho na natureza? Use seus superpoderes pra alguma coisa que sirva para o futuro dos seus filhos, netos e cia. Ainda não entendeu?:
Veja esse vídeo:




Hoje apague as luzes da sua casa por 60 minutos, de 20:30 às 21:30, participe desse pequeno gesto para coma  natureza.
0
comentários

Amizade menino-menina

De novo eestou atropelando um post pra não esquecer esse, mas o negócio é o seguinte: Quem nunca se apaixonou por um amigo(a)? Eu já, pela minha melhor amiga, fiquei calado por um bom tempo, quando enfim, resolvi contar descobri que não daria certo e que a minha "melhor amiga" sabia  e mesmo assim continuava me contando TUDO!

Mas o opjetivo desse post não e contar as minhas esperiências, mas sim, mostrar um artigo que vi na Women's health perdida na casa da minha tia. Já que o artigo é da Women's health é voltado para as meninas, mas dá pra nós meninos darmos uma adaptada.

Por que você deveria namorar seu melhor amigo... 
  • Ele conhece sua família e seus amigos- e é querido por eles (Esse dá pra seguir legal vai...)
  • Você conhece a sua sogra- e a chama de tia (Verdade)
  • O passado dele é um livro aberto pra você- O o seu pra ele) (#MEDO)
  • Você pode contar com ele.
  • Ele sabe de cor os seus defeitos e ainda assim gosta de você incondicionalmente
  • Ele já te viu de touca de banho, esmaltando as unhas do pé enquanto falava sobre um filme a que assistiu (Ela já te viu assim que você acordou, coçando o saco e xingando por ter que acordar cedo '13:50')


  • Você pode agir naturalmente na frente dele, não precisa impressioná-lo
  • Depois de tanto você dizer o que a agrada na cama, ele já sabe o que fazer com você (amizades de hoje são maravilhosas não?)
  • Ele deve ter a chave da sua casa
  • Comida japonesa também é a preferida dela e ele sabe que você odeia melancia com todas as forças; (pensei que fosse só eu que ODIASSE melancia)
  • Ele sempre vai acertar na escolha dos presentes de nata, aniversário... (a não ser ue ele seja tão tapado como eu..);
  • Ele sabe que você tem pelos encravados e urra de cólica (Meninas também tem pelos encravados?);
  • Você conhece os ponto fracos das ex dele e não vai rtepeti-los (a não ser que seja muito burro);
  •      Você não precisa ter vergonha de mostrar fotos antigas- provavelmente ele estará em muitas delas. (fotos antigas são toscas não?) 
  •       Porque as diferenças não vão aparecer do nada (A não ser que a criatura seja completamente duas caras. Que foi? Tô apenas prevenindo)
  •       É verdade que ele joga pôquer todas as terças e futebol às quintas- não é desculpa pra cair na gandaia sozinho. (É verdade que ela vai à manicure todos os sábados e participa de um clube de leitura que se reúne as quartas.);
  •       Ele já a viu de pileque e ficou ao seu  lado enquanto você tinha uma conversinha com o Hugo (preciso mudar alguma coisa?)
  • Ele sabe que você pisca quando mente e que morde os lábios quando blefa no truco- e acha graça disso. (Cuidado com essa, ela lhe conhece melhor do que você mesmo);
  • Não é novidade que seus cabelos lisos são um milagre da tecnologia cosmética (Ela sabe que você usa tintura pra esconder os brancos e não tem coragem de contar pra ninguém);
  • Ele assiste todosm os filmes românticos no cinema sópra lhe fazer companhia. (Ela sabe que quando voçê tá assistindo algum jogo você cira outra pessoa);
  •    Você não terá ciúme da melhor amiga dele. Pensando bem...

Eu ri, mesmo acreditando na amizade homem-mulher acho que o texto é válido. O que diabos você estava fazendo ao ler Women's health Sam? Passando o tempo e sempre é bom tentr entender um pouco o universo feminino.
 Cuidado com as segundas intenções
0
comentários

domingo, 21 de março de 2010

Anos Incríveis

A infância, aquela época boa, na qual a gente não tem preocupação nenhuma, na qual a gente fazia as coisas mais toscas o mundo e não tinha problema, enfim a minha foi vivida na década de 90 (só tenho 17 aninhos).

É bem verdade que analisando agora a moda dfaquela época era TRISTE, eu usava macacão jeans só com cueca por baixo (ai que vergonha meu Deus), era a febre do tamanco e da bota da Sheila, Carla Perez, enfim do povo do  "É o Tchan", as roupas com ombreiras ENORMES e cintura altíssima, olhando as fotos antigas rio muito (não é pra isso que serve foto antiga?).
Qual é o nome desse carinha de verde? Eu lembro que eu assitia mas não lembro o nome...

"Adedonha no papel" num dia sem aula...

Isso sem falar nas comidas, naquela época as "porcarias" que a gente comia não tinham tantos corantes, aromatizantes e substâncias mil que terminam em "antes" (ou tinham e eu não me preoculpava com isso?). Os programas de TV também eram bem diversificados e legais (talvez por isso ainda passem alguns desenhos daquela época). Lembro bem que tinha a VHS (fita de vídeo) da Pocahontas e do Rei Leão, tinha alguns gibis da Turma da Mônica, juntava palitinho de picolé da Kibon, jogava Mário e Alladin no Super Nintendo e Sonic no Mega Drive, passava o dia na rua correndo e brincando (apesar de ser gordinho) das mais variadas coisas.

Sou do tempo que os brindes do Kinder ovo e do Mac Lanche feliz prestavam, agora no Kinder ovo só vem quebra-cabeçpas ou bomequinhos toscos e no do Mac Donald´s idem, vai ser meio tosco, mas assumo que gostava da Xuxa, da Angélica, e da Eliana quando chegava da aula corria pra assitir o último desenho, assistia Disney Cruj e Chiquititas (o SBT até prestava), minha mãe comprava minhas roupas na Mesbla (faliu faz tempo)e tomava danoninho com surpresinha.

Back Street Boys e Spice Girls eram a sensação dos adolescentes daquela época, e a gente brincava com minha ntia adolescente colocando travesseiros na bunda e imitando os Back Street Boys (ri pacas lembrando disso), nunca tive um Tamagoshi, mas assisita Shurato e Sailor Moon. Tinha uma bicicleta amarela com o pneu vermelho (sempre fui discreto) e tinha um lança tazzo, quebrei muita coisa dentro de casa com ele.














Pra quem tem saudades dessa época tem um vídeo que vi no Tenha noção





0
comentários

sexta-feira, 19 de março de 2010

Você sabia?

Que hoje é o dia mundial do sono? Pois é, eu não sabia mas olhando o Homens Modernos acabei descobrindo, mas já que existe, vamos falar um pouqunho sobre ele, o sono.

Nad melhor do que aquela noite de sono antecedida de uma banho relaxante depois daquele dia de cão que você teve não é verdade? Então, nada mais justo do que ter um dia para ele o sono, meu companheiro do dia a dia, quem me conhece sabe, passo o dia com sono. Post bem rápido, aqui tem um link pra ajudar você a ter um sono melhor.
0
comentários

Automedicação

Sei que é comum eu passar um bom tempo sem dar um postada aqui, mas essa semana tenho um explicação plausível. Estava (ainda tô) gripado, consegui sair da cama ontem só, ainda não tô totalmente recuperado, e já que estou falando de doença,  vamos falar de saúde.

Uma pesquisa mostrou que o Brasil está entre os cinco países que mais consomem medicamentos no mundo, uma boa parte desses medicamentos consumidos na automedicação, que nada mais é do que a mania de tomar remédio sem consultar um médico, coisa bastante comum entre nós brasileiros. Não vou negar, as vezes (tá, muitas vezes) acabo me auto-medicando, quando o problema é mais simples: uma dor de cabeça, uma gripe ou resfriado comum, uma azia....

Um dos maiores problemas relacionados a auto-medicação é a interação medicamentosa, que é quando as substâncias de dois ou mais medicamentos acabam se misturando e ocasionando interferências na ação dos mesmos, ou efeitos colaterais. Por isso a importância de não tomar mais de um remédio ao mesmo tempo, se for preciso fazer isso, é super importante consultar um médico. Aliás, o ideal seria só tomar remédios com a prescrição médica, afinal ninguém melhor do que um médico pra estudar os riscos que um medicamento pode trazer.

Outra ação muito importante com relação aos remédios é ler a bula (aquele papelzinho que vem dentro da caixinha) é nela que os fabricantes dizem tudo o que precisamos saber sobre os medicamentos. A maioria das pessoas simplesmente não lê a bula (quando não a jogam fora). Não sei se é por que minha família tem uma ligação com farmácia, mas a gente sempre teve uma quantidade considerável de remédios em casa e nunca jogamos a bula, afinal vai saber quando a gente vai precisar dela né? E outra, eu gosto de saber exatamente o que estou tomando e pra que serve.
Olha que bonitinho, a bula em francês...

Não preciso nem dizer sobre a validade dos medicamentos né? Nunca, em hipótese alguma tome remédio vencido, além de ele não funcionar da maneira correta, ele ainda pode atrapalhar, lhe deixando mais doente. Outra coisa que todo mundo sabe mas é sempre bom relembrar, antibiótico não é brinquedo, as bactérias criam resistência e temos que tomar antibióticos cada vez mais potentes. Nenhuma droga (no sentido de remédio) é brinquedo, mas os antibióticos merecem atenção especial pois eles estão em locais inusitados, por exemplo: Nas  rações das vacas, galinhas e peixes, os criadores põem antibióticos para que os animais não adoeçam e produza mais, e acabamos ingerindo essas drogas também.

Mas recado dado galera, quando precisar de remédios procure orientação profissinal, resumindo vá ao médico, e siga o que ele disse, não faça que nem meu avô, ele toma vários tipos de remédios, o médico disse pra tomar em horários variados, uns pela manhã, outros pela noite enfim, e ele toma todos na mesma hora: "Cada um que procure suas doenças." é o que ele diz. Não siga o exemplo dele, tome na hora e na quantidade que o médico passou para ficar curado mais rápido e de uma maneira mais saudável.
0
comentários

domingo, 14 de março de 2010

Saúde masculina

Quase uma semana depois do dia internacional da mulher (não fiz nenhuma postagem sobre essse dia, afinal todos os dias são das mulheres) aqui estou eu para falar dos homens. Não irei elogiar e nem falar mal, o assunto é bem mais sério que isso, é sobre a saúde masculina.

Todo mundo sabe que geralmente nós homens somos mais descuidados com a nossa própria saúde, e o ministério da saúde se alertou para esse fato e está fazendo uma capanha para que nós criaturas XY passemos a cuidar um pouquinho mais da saúde.

Não falo só do temido exame de próstata, que assombra a população masculina, mas todos os examese procedimentos médicos possíveis, já que nós geralmente só vamos ao médico quando estamos sentido alguma coisa séria. Acho que faço parte da minoria que vai ao médico com frequência (talvez deva ser devido ao meu leve grau de hipocondria), mas enfim recado dado, aqui vai o vídeo da campanha do ministério da saúde:



Homens, cuidem mais de si, afinal não tem nada a ver com masculinidade e nem virilidade ficar doentes, muito pelo contrário.
2
comentários

quinta-feira, 4 de março de 2010

Comunicação

Não, não fiz ese post por que faço telecomunicações, fiz por que sei da importância de se comunicar com as outras pessoas. Imagina se você acordasse um dia e não conseguisse mais se comunicar com ninguém, deve ser uma das piores ciosas da vida. Me sensibilizo com isso pois tenho problema de dicção, resumindo: falo errado.


Pois é, sei como é chato você querer se expressar e não conseguir, no meu caso, as vezes falo e ninguém entende (tem situações que a coisa tá tão feia, que nem eu  mesmo entendo). Tenho plena consciência que minha dificuldade de comunicação não chega nem aos pés de um deficiente auditivo ou de um surdo, mas já passei por umas situações um poucos chatas, para ser delicado.


Quando era criança, todas as outras pediam pra eu falar "3" inúmeras vezes (tenho problemas com "tr" , "dr" e o "s" que as vezes sai com som de "f'") imagina você, querendo ficar um pouco em paz e as outras crianças te pertubarem pra rir da sua cara? Sim iso é chato, mas sobrevivi a isso a minha infância inteira e quase toda a adolescência, e depois de velho resolvi procurar tratamento fonoaudiológico, é um pouco (tá, é muito estranho outra pessoa tentando lhe ensinar a falar, e fora que os exercícios parecem um pouco ridículos) mas é uma coisa que vale a pena, até agora só fiz uma sessão e tõ fazendo os exercícios, tô tomando consciência dos meus erros.

Já escrevi aqui no blog que tenho vontade de aprender libras, pois fico imaginando o quão difícil é para um deficiente auditivo entender o que os outros estão dizendo, afinal ele tem que ler os lábios ou se comunicar com alguém que saiba libras, mas o que imagino ser mais difícil é a vida de um mudo, pois imagina ai, você querer falar e não poder, deve ser uma situação horrível, pelo menos pra mim que paso o dia inteiro falando e pertubando os outros, acabo me compadecendo um pouco com essas pessoas.

Escrevi esse post mais como um apelo para que possamos entender a vida dessas pessoas, afinal é chato ser rotulado como uma pessoa que não consegue se expressar da maneira que é "normal" para as outras pessoas.
 

Copyright © 2010 Efeito Dominó | Blogger Templates by Splashy Templates | Free PSD Design by Amuki